Viver só de renda realmente é seguro?

Muitas pessoas se questionam se é possível viver só do rendimento das suas aplicações financeiras, isso é chamado de “viver de renda”. Pessoas que utilizam dessa modalidade recebem a renda passiva, gerada a partir de investimentos como CDBs, Ações na Bolsa de Valores e aluguéis de imóveis.

Mas não se engane, é importante que o rendimento do seu investimento cubra seus gastos mensais e outros gastos e objetivos pessoais como viagens, casa, reserva de emergência, carro. Apesar de viver de renda ser uma possibilidade, demanda tempo e sabedoria para guardar o dinheiro e investir.

Foto: (reprodução/internet)

Como viver de renda?

Viver de renda não é algo impossível, mas vai exigir disciplina, conhecimento do mercado do mercado financeiro, tempo, estratégia e estabelecer uma renda fixa para seus investimentos. Investidores trabalham a todo momento e estão constantemente se esforçando para conhecer melhor o mercado financeiro.

Além disso, pensar nos melhores investimentos, taxas de juros, rentabilidade e as oportunidades para não só trabalhar, mas ter qualidade de vida. Com o conhecimento necessário, você vai investir cada vez melhor ter sua estabilidade financeira e ainda se planejar com uma reserva financeira. 

Para isso, comece seus investimentos agora para que seja possível colher frutos no futuro é importante sempre pensar no quanto pode investir, com o objetivo de ter uma renda fixa de acordo com o seu perfil de investidor.

Foto: (reprodução/internet)

LEIA TAMBÉM: 6 erros que você deve evitar quando começar a investir

Planejamento financeiro

O planejamento é essencial para um investidor, identifique, faça uma análise de que tipo de investimento você fará e o rendimento dos investimentos aplicados, use sua renda de forma econômica e inteligente pensando sempre em ter uma reserva no final do mês.

Tendo um controle dos seus gastos e os ganhos para seus investimentos, é mais fácil adquirir novos objetivos sejam eles de curto, médio ou longo prazo. 

Exemplo:

  • Curto prazo (1 ano) – quitar as dívidas pendentes;
  • Médio prazo (5 anos) – economizar 10% no gasto mensal e investir na bolsa de valores;
  • Longo prazo (10 anos) – ter 40% da renda mensal através de investimentos.

Disciplina e comprometimento

É importante lembrar que nada adianta se você não se comprometer de fato com seus objetivos. O retorno para quem vive de renda vem com o tempo e é preciso paciência. Tenha maturidade para aprender, adquirir estratégias e investir de forma econômica, aprenda a popular e a se planejar.

Perigo das grandes dívidas

Pague grandes dívidas que você tiver como apartamento, carro ou dívidas do cartão de crédito para reduzir despesas e se planejar com mais calma, para de fato poder viver de renda. Ainda que você tenha uma renda variável, eliminar gastos, auxilia para que você consiga investir mais tranquilamente. 

Estude

Pessoas que desejam viver de renda precisam ter sede de conhecimento e estudar bastante. Isso significa que é importante escutar opiniões de especialistas e outros investidores mais experientes, buscar entender o mercado financeiro e estar atendo as notícias sobre a política e a economia. 

Orçamento

Para viver de renda e com um bom padrão de vida é preciso investir da melhor forma possível, por isso, é preciso trabalhar bastante, ter outras fontes de renda extra ou o necessário para aumentar seu orçamento e seu rendimento mensal.

Cada economia será um nova oportunidade de investir, sendo sempre sábio em suas escolhas para não correr o risco de gastar seu dinheiro em vão, ou gastar todos os ganhos com um estilo de vida caro que não será capaz de manter. 

Artigos Relacionados