Quais são os principais riscos de investimento?

Talvez você que esteja começando a entrar no mercado financeiro ou no mercado de investimentos agora pode estar achando a ideia de colocar dinheiro em um certo lugar e tirar depois mais dinheiro muito espetacular. Entretanto, há alguns detalhes que devem ser levados em consideração.

Neste texto vamos mostrar alguns riscos muitos comuns que ocorrem no mundo das finanças e em diversos tipos de investimentos seja de longo prazo, curto prazo ou qualquer que seja a situação.

Foto: (reprodução/internet)

Risco de reinvestimento

O risco de perder retornos maiores quando o investimento que você tem amadurece e as opções de reinvestimento desse capital são menores do que o investimento anterior.

Por exemplo: você tem um CD antigo que vence e estava pagando uma taxa de 10% e quando procura opções para reinvestir, suas taxas são muito menores do que o investimento original.

Quando você faz um investimento de renda fixa e não renda variável, talvez tenha maior valor a longo prazo. A perda de valor é mais comum de acontecer na renda variável, mas você precisa analisar o perfil de risco de cada investimento.

Foto: (reprodução/internet)

VEJA TAMBÉM: Como ir de endividado a investidor

Risco de mercado

Risco de mercado é o risco de qualquer um de nossos investimentos perder valor em qualquer situação que se apresente no mercado. Existem três tipos principais de risco de mercado:

  1. Risco de ações: investir em ações traz o risco de volatilidade. As ações são bastante voláteis, o que significa que o preço das ações ou da empresa flutua no mercado. Mudanças de preço para cima ou para baixo são normais, mas a queda repentina no preço das ações é o que mais se equipara à perda de valor.
  2. Risco de taxa de juros: o risco de taxa de juros é sentido mais intensamente em títulos de dívida. As taxas de juros estão fortemente correlacionadas aos títulos; quando as taxas de juros sobem, os preços dos títulos caem. E quando as taxas de juros caem, os preços dos títulos sobem.
  3. Risco de moeda: se você investir em mercados estrangeiros, o risco de flutuações no valor dessas moedas afetará o valor de seus investimentos. Mas, não falamos muito, se o negócio em que você investe também tem grande parte de sua participação fora do seu país de origem, você está exposto a esse risco.

Risco de liquidez

Risco de liquidez é o risco de não conseguir vender seus investimentos quando desejar. Se o outro lado da negociação não estiver presente, então, vender um investimento quando o preço cair está em risco.

O que significa que um investidor pode ter que vender seu investimento por um preço menor do que deseja ser um investimento de baixa liquidez e não mais de alta liquidez.

Risco de concentração

O risco de concentração gira em torno de concentrar seus investimentos em um pequeno grupo de investimentos, em um único investimento e na possibilidade desse investimento fracassar. Ou seja, tenha outros fundos de investimento no mercado financeiro em uma instituição financeira diferente da outra.

Risco de crédito

O risco de crédito concentra-se no mercado de títulos; se a empresa subjacente tiver dificuldades financeiras, pode não pagar seus juros ou declarar falência. Nesse caso, o detentor do título perde seu investimento.

Essa é uma das razões pelas quais é tão importante prestar atenção ao rating de crédito da empresa que está emitindo o título. Nesse caso, o investimento no CDB pode ser uma boa ideia pelo fato de ter o fundo garantidor de crédito.

Risco de inflação

A inflação é o custo oculto do investimento, é uma força que não vemos diariamente, mas é a perda do poder de compra do nosso dinheiro.

Você pode ver o risco de inflação nos investimentos em contas de poupança de bancos tradicionais. Tudo isso significa que se você colocar seu dinheiro na conta poupança por um longo período, você corre o risco de que o Real valha menos no futuro do que quando você o investiu.

Risco no horizonte de investimento

O risco do horizonte é tudo o que reduz o seu horizonte de investimento. Um dos métodos comprovados de criação de riqueza é investir por muito tempo e, se você comprar uma casa, perder o emprego ou se casar, essas mudanças na vida podem alterar seu horizonte de tempo.

Risco de Longevidade

O risco de longevidade é o risco de sobreviver aos nossos investimentos ou ter dinheiro suficiente para durar para a nossa vida. Mas definir seus investimentos para permitir que você ganhe renda até o fim da vida é um dos detalhes que precisamos incorporar ao nosso plano.

A relação risco/recompensa equilibra o desejo do menor risco ao mesmo tempo que obtém o maior retorno; é a base da moderna teoria do portfólio. A única maneira de obter um retorno maior é assumir riscos maiores e de longo prazo ao invés de curto prazo.

Traduzido e adaptado por equipe Fuzzy

Fonte: e-Investing For Beginners

Artigos Relacionados