5 motivos pelo qual é importante você fazer um fundo de emergência

Um reserva de emergência é aquele que você reserva para urgências. Você pode ter que usá-lo para manutenção doméstica, conserto de automóveis ou outras despesas imprevistas. O principal objetivo dela é usar em casos inesperados.

Talvez você não tenha o hábito de guardar esse valor da sua renda fixa todo mês, entretanto, isso vai ser muito importante para você. Seguindo o passo a passo, você verá como é fácil e possível fazer com a realidade de cada pessoa.

Foto: (reprodução/internet)

1 – Para se livrar das dívidas

Seu fundo de emergência pode ajudá-lo a evitar o acúmulo de dívida(como do cartão de crédito) a cada solavanco financeiro no caminho. Um fundo de emergência pode ajudar a cobrir as coisas para as quais você não faz um orçamento, como consertos de automóveis ou despesas médicas.

Use sua reserva de emergência para lidar com esses eventos estressantes e tornar mais fácil para você manter o foco na liquidação das dívidas. É mais fácil pagar um dinheiro extra em dívida imediatamente quando você tem um fundo guardado para despesas inesperadas.

Inclua uma contribuição de emergência em seu orçamento até que a dívida esteja totalmente quitada.

Foto: (reprodução/internet)

CONFIRA MAIS: Compare os 3 tipos de empréstimos e saiba qual o melhor para você

2 – Para aumentar a renda

Se você tem apenas uma fonte de renda, é essencial ter uma reserva de emergência. Isso pode ajudá-lo a superar uma perda inesperada de emprego ou doença que impeça o ganha-pão principal.

Se você tem uma renda familiar ou é solteiro, você deve ter pelo menos um ano de despesas em seu fundo de emergência. Você pode criar um fundo de emergência maior depois de sair das dívidas.

Se você está apenas começando uma família, pode ser necessário aumentar seu fundo de emergência. Se você for solteiro, trabalhe para aumentar seu fundo de emergência o mais rápido possível, assim, você vai ter guardado a quantia necessária.

3 – Você é autônomo ou contratado

Se você trabalha por conta própria, um contratante independente ou se trabalha em um emprego que não permite que você solicite o seguro-desemprego, é importante ter uma boa reserva de emergência.

Além disso, se você sabe que seu contrato pode terminar em breve, você deve trabalhar para acumular mais dinheiro para a sua reserva. Você também pode planejar economias extras para meses quando os negócios estão fracos, assim, o objetivo será atingido independente se as coisas estiverem boas ou ruins.

Acompanhe as suas faturas para se certificar de que não perde os pagamentos pendentes devidos das suas dívidas e do cartão de crédito. Isso o ajudará a evitar o uso de seu fundo de emergência.

4 – Você tem problemas médicos

Talvez você pode até ter um plano de saúde, entretanto, ele pode não cobrir todos os exames e consultas, então você precisará gastar nesse caso. Um fundo de emergência bem planejado pode ajudá-lo a lidar com esses custos e tornar mais fácil enfrentar esses tempos difíceis.

Os problemas médicos podem ser caros e as seguradoras podem não pagar tudo o que você espera que paguem. Você também pode faltar ao trabalho e ficar sem pagamento por doença, o que pode levar a problemas maiores. Seu fundo de emergência pode ajudar a compensar isso.

5 – Você está economizando para uma meta

Se você planeja e economiza para alguma meta (comprar casa, viajar e etc) e para que isso seja alcançado, evite compras por impulso e comece a investir neste tipo de fundo, aliás, esse será um dos melhores investimentos que você fará para você mesmo.

Traduzido e adaptado pro equipe Fuzzy

Fonte: The Balance

Artigos Relacionados